domingo, 21 de novembro de 2010

poema - vida de bailarina

Longos corredores
Meninas alvoroçadas,
Andando pra lá e pra cá
Com suas sapatilhas cor de rosa,
Seus collants negros,
Coques impecáveis e saias rodadas

Vai começar a aula,
As meninas eufóricas se dirigem ao salão
Entre pliés e tendus, risinhos e susurros
Estão felizes,
Começam os ensaios para a apresentação de final de ano

Encenarão "O circo"!
Todas e preparam
Querem dar seu melhor!
É o nome da academia que vão defender!
Todas querem agradar
A professora, a quem todos amam de paixão!

Pareçe um bando de passarinhos
Em revoada...
Correm, saltitam,
Rodopiam sem cessar...
Olham-se ao espelho,
Querem ver se vão brilhar!

São crianças,
São felizes
Passam seus dias a ensaiar...
Dividem seu tempo entre duas escolas
Que pra nós é nosso lar

comentem

1 comentários:

*May Lopes disse...

Blog de bailarina!!
Amei!
Tbm tenho um blog sobre ballet,quando puder me faz uma visitinha ok?
Beeijos!

Postar um comentário